Privacidade

Compras de natal online: bom ou ruim?


Escrito por um funcionário da Symantec

 

De forma surpreendente, nesses tempos sempre conectados, as pessoas pesquisadas pelo Norton na Austrália e na Nova Zelândia disseram que planejam fazer menos de 40% de suas compras de natal online.

O Norton liberou os resultados de sua pesquisa sobre compras online bem em tempo das festas, quando os varejistas online oferecem ofertas para atrair compradores para comprar presentes para si mesmos e para os outros. No entanto, os resultados da pesquisa podem indicar que essas promoções não são o suficiente para estimular os compradores preocupados com a segurança a comprar online.

Embora as preocupações com os riscos de comprar online sejam altas, somente 23% das pessoas da Austrália e 20% das pessoas na Nova Zelândia realmente se estressam quando se preocupam com os problemas de segurança de comprar online.

As maiores preocupações com os riscos das compras online

Na média, cerca de uma em cada três pessoas passam mais de duas horas por semana comprando online. Dezesseis por cento (16%) das pessoas na Austrália e 17% das pessoas na Nova Zelândia já passaram por fraude no cartão de crédito depois de comprar online.

Os participantes foram perguntados sobre com quais riscos se preocupam mais ao comprar online. As duas maiores preocupações foram ter os dados do cartão de crédito roubados e comprar mercadorias de site ilegítimo. De forma surpreendente, as pessoas estavam menos preocupadas sobre o roubo de informações pessoais, como ser vítima de violação de dados ou ter seus dados de nome de usuário e senha vazados de um site.

Segurança para comprar online

Embora as pessoas saibam da necessidade de segurança ao comprar online, cerca de metade não sabe ou não segue etapas básicas para proteger suas experiências de compra online.

Quando falamos em segurança nas compras online, há uma variedade enorme de ferramentas de segurança para ajudar os usuários e suas transações a ficarem seguras. No entanto, um em cada três compradores não examina a segurança do site antes de comprar. Dos 63% que se importam em verificar, somente 17% estão totalmente confiantes de que sabem o que procurar.

Cerca de metade das pessoas pesquisadas fazem suas compras de sites que têm apenas configurações de segurança melhoradas. A outra metade ou não usa a segurança melhorada ou não entende como isso funciona.

Compras móveis

Quando falamos em fazer compras em celulares, há uma diferença clara de gerações. Cerca de metade das pessoas da Nova Zelândia de menos de 45 anos usam seus smartphones para navegar em lojas online e dessas pessoas, somente 37% delas fazem compras. Na Austrália, 53% das pessoas de menos de 30 anos usam seus telefones para navegação e 35% fazem compras reais.

Proteção + capacitação:

Embora muitas dessas estatísticas possam parecer alarmantes, elas não precisam ser. Se planeja fazer alguma compra online neste ano, é importante saber como identificar e usar as ferramentas de segurança disponíveis. A melhor forma de se proteger e de proteger os outros contra criminosos cibernéticos é ser proativo com relação aos recursos de segurança disponíveis e aprender como eles funcionam. Aqui, temos uma lista de algumas das ferramentas de segurança mais importantes disponíveis para compras online, o que procurar e como usá-las:

  • Procure SSL, Secure Sockets Layer, que é um protocolo de compras seguro. Os sites com SSL têm "HTTPS://", em vez de "HTTP://" em seus endereços da Internet. Esses certificados mostram o cadeado de segurança na barra de URL do navegador, juntamente com o HTTPS (“S” indicando “seguro”) na barra de endereços.
  • Use uma solução de segurança da Internet abrangente, como o Norton Security Premium, e garanta que essa solução esteja sempre atualizada.
  • Ao comprar em dispositivos móveis, use uma VPN quando navegar. Ela criptografa seu tráfego para que, mesmo se alguém conseguir bisbilhotar, só verá um banco de dados criptografados. VPNs ou redes privadas virtuais, como o Norton Secure VPN, pode transformar o Wi-Fi em conexões privadas seguras.
  • Na realidade, você pode descobrir muito sobre a segurança de um site ao procurar pistas visuais. Procure marcas confiáveis em todos os sites. Norton Secured Seal é uma marca confiável amplamente reconhecida que fornece evidências de que a identidade de um varejista foi verificada e de que o site é protegido pela Symantec.
  • As preocupações com aplicativos são altas, mas com o Norton Mobile Security, você pode usar o App Advisor para Android para ajudar a verificar a legitimidade de um aplicativo.
  • Por fim, se ainda estiver inseguro sobre a credibilidade de um site, você poderá usar o Norton Safe Web, uma ferramenta online gratuita que pode ajudar a identificar os sites arriscados enquanto você compra.

Sobre a pesquisa de compras online do Norton

O Norton by Symantec solicitou uma pesquisa quantitativa online por meio da Morar Consulting, em novembro de 2016, com 1.000 australianos de 18 anos ou mais. A pesquisa tinha o objetivo de entender e descobrir as visões e experiências relacionadas à segurança das compras online dos australianos.


Symantec Corporation, a empresa líder mundial em segurança cibernética, permite que organizações, governos e indivíduos protejam seus dados mais importantes, onde quer que eles estejam. Mais de 50 milhões de pessoas e famílias contam com a plataforma abrangente de segurança digital da LifeLock e o Norton da Symantec para ajudar a proteger suas informações pessoais, dispositivos, redes locais e identidades.

Copyright © 2019 Symantec Corporation. Todos os direitos reservados. Symantec, o logotipo da Symantec, o logotipo da marca de verificação, Norton, Norton by Symantec, LifeLock e o logotipo Lockman são marcas comerciais ou registradas da Symantec Corporation ou de suas afiliadas nos Estados Unidos e em outros países. Firefox é uma marca comercial da Mozilla Foundation. Google Chrome e Android são marcas comerciais da Google, LLC. Mac, iPhone e iPad são marcas comerciais da Apple Inc. Microsoft e o logotipo do Windows são marcas comerciais da Microsoft Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países. O robô Android foi reproduzido e/ou modificado a partir do trabalho criado e compartilhado pelo Google e é utilizado de acordo com os termos descritos na Creative Commons 3.0 Attribution License. Outros nomes de empresas e nomes de produtos são marcas registradas ou marcas comerciais de cada empresa.